Trilogia | Um prego no coração, Natureza Morta e Vício

Livro físico R$65,00
Favoritar
Favoritar
Trecho do livro

Mais do que uma trilogia de recorte histórico, estas narrativas mergulham na relação dos autores com as suas próprias obras em momentos distintos, o da contemplação do objeto acabado, em plena ebulição criativa e o da desistência.

Dados técnicos

Título: Trilogia | Um prego no coração, Natureza Morta e Vício
Autor: Paulo José Miranda
ISBN: 978-65-5681-087-4
Edição: 1ª
Dimensões: 14×21 cm
Páginas: 192
Gênero: Romance
Ano: 2021

Sobre o livro

Este volume reúne os três primeiros romances do autor, através dos quais procurou penetrar, em linguagem límpida e pensamento fino, nos meandros da criação a partir de três notáveis artistas: Cesário Verde, João Domingos Bomtempo e Antero de Quental. Mais do que uma trilogia de recorte histórico, estas narrativas mergulham na relação dos autores com as suas próprias obras em momentos distintos, o da contemplação do objeto acabado, em plena ebulição criativa e o da desistência. Não será por acaso a escolha destes autores em particular, que nos ligam à cidade, à música, à política.

Natureza Morta recebeu em 1999 o primeiro Prémio José Saramago.

Sobre o autor Paulo José Miranda

Paulo José Miranda nasceu em 1965, na Aldeia de Paio Pires. Licenciou-se em Filosofia e, em 1997, publicou o primeiro livro de poesia, A Voz Que Nos Trai, com o qual venceu o primeiro Prémio Teixeira de Pascoaes. Em 1999, e já a residir em Istambul, na Turquia, onde viveu por alguns anos, tornou-se também o primeiro vencedor do Prémio José Saramago, com a novela Natureza Morta. Mais tarde, viveu também em Macau e no Brasil, escrevendo poesia, ficção, teatro e ensaio. Em 2015, recebeu o Prémio Autores, da Sociedade Portuguesa de Autores, pelo livro de poesia Exercícios de Humano, e regressou a Portugal. A Moinhos traz três de suas obras de maneira inédita ao Brasil.

Foto por Reinaldo Rodrigues

Você também pode gostar de…