Escobar

Trecho do livro

Após a trágica morte de um amigo, Escobar resolve escrever alguns fatos que marcaram seus últimos meses. Dentro desse processo de expurgação terapêutica, o professor de Literatura revive uma série de questões de seio amoroso, sexual e familiar, que perscrutará toda a engenharia labiríntica da trama.

Fora de estoque

Favoritar
Favoritar

Dados técnicos

Título: Escobar
Autor: Márwio Câmara
ISBN: 978-65-5681-049-2
Edição: 1ª
Dimensões: 14×21 cm
Páginas: 130
Gênero: Romance
Ano: 2021

Sobre o livro

Após a trágica morte de um amigo, Escobar, o narrador que dá nome ao primeiro romance do jornalista Márwio Câmara, resolve escrever alguns fatos que marcaram seus últimos meses. Dentro desse processo de expurgação terapêutica, o professor de Literatura revive uma série de questões de seio amoroso, sexual e familiar, que perscrutará toda a engenharia labiríntica da trama.

Dividido em cenas, o romance apresenta enredo fragmentado, que, em alguns momentos, soa como um misto de diário, poesia e roteiro cinematográfico. É nessa hibridação de linguagens que o leitor vai experienciar as vivências amorosas de Escobar assim como a sua estranha obsessão por uma poeta, nomeada apenas como R. Porém, o grande eixo da narrativa está na amizade entre o protagonista e o melancólico Bruno, homossexual não assumido que vive uma paixão platônica por um amigo do trabalho.

O romance de Câmara trata sobre as complexidades do amor e do desejo humano em linguagem poética e inovadora, com textos de orelha e quarta capa do escritor Marcelino Freire; e da professora e pesquisadora Dirce Waltrick do Amarante.

Sobre o autor Márwio Câmara

Márwio Câmara nasceu no Rio de Janeiro, em 1989. É bacharel em Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo, licenciado em Letras e pós-graduado em Estudos Linguísticos e Literários. Assina entrevistas com escritores brasileiros para o Jornal Rascunho. Leciona Língua Portuguesa, Literatura e Produção Textual. Autor do livro Solidão e outras companhias.

Você também pode gostar de…