Os urubus sem penas

Livro físico R$48,50
Favoritar
Favoritar
Trecho do livro

Uma obra universal que mostra o poder de um maestro da escrita.

Dados técnicos

Título: Os urubus sem penas
Autor: Julio Ramón Ribeyro
Tradutora: Silvia Massimini Felix
ISBN: 978-65-5681-090-4
Edição: 1ª
Dimensões: 14×21 cm
Páginas: 112
Gênero: Contos
Ano: 2021

Sobre o livro

Em novembro de 1976, Julio Ramón Ribeyro anotou em seu diário: “Escritor discreto, tímido, laborioso, honesto, exemplar, marginal, intimista, organizado, lúcido: estes são alguns dos adjetivos atribuídos a mim pela crítica. Ninguém jamais me chamou de grande escritor. Porque seguramente não sou um grande escritor”.

Talvez essa observação seja parte de um entendimento geral de outro adjetivo muito utilizado para referir-se ao escritor peruano: humilde. Àquela altura, aos 47 anos, entre livros de contos, romances e crônicas, o autor já tinha 13 livros publicados, alguns deles considerados clássicos de sua época, como este Os urubus sem penas, publicado agora pela primeira vez no Brasil.

Este é o primeiro livro de Ribeyro, lançado em 1955, em que dá voz aos esquecidos e aos marginalizados. Seus contos exemplificam a dura e pura realidade de milhões de pessoas que residem não apenas no Peru, mas em todo o mundo. A dor, o sofrimento, a miséria e a crueldade que suspiram entre os textos aqui presentes buscam, talvez, nos mostrar o nosso reflexo enquanto seres humanos, mostrar como falhamos e há muito tempo.

Uma obra universal que mostra o poder de um maestro da escrita.

Sobre o autor Julio Ramón Ribeyro

Julio Ramón Ribeyro (1921-1994) nasceu em Lima, no Peru. Foi um escritor de contos, romances, ensaios e peças de teatro. Estudou Direito e Letras na Universidade Católica de Lima e mudou-se para Paris para trabalhar como jornalista e, posteriormente, como assessor cultural e embaixador da UNESCO. Sua obra foi traduzida para vários idiomas e ele recebeu o Prêmio Nacional de Literatura em 1983, o Prêmio Nacional de Cultura em 1993 e o Prêmio Juan Rulfo em 1994. Ele viveu a maior parte de sua vida na França e fez breves retornos ao Peru. Considerado um mestre do conto, suas obras são conhecidas por misturar crítica social e fantasia. Ribeyro foi autor de oito volumes de contos, incluindo Los gallinazos sin plumas (1955) – seu primeiro livro e considerado uma de suas melhores obras –, que agora chega ao Brasil, de maneira inédita, como Os urubus sem penas publicado pela Moinhos.

Você também pode gostar de…